23 C
Novo Progresso
18 de agosto de 2022

Mandados estão sendo cumpridos em Uruará,

Mandados estão sendo cumpridos em Uruará, Senador José Porfírio, Anapu, Santarém e Mojuí dos Campos, no Pará, e em São Bento, na Paraíba

A Polícia Federal (PF) está realizando, na manhã desta quarta-feira (26), operação no Pará e na Paraíba para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra grupo acusado por desmatamento ilegal, corrupção e fraudes no sistema público de controle do comércio de madeira no estado.

O grupo também é suspeito de ter emboscado equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e da Força Nacional de Segurança em Uruará, em maio de 2020. No ataque, a rodovia Transamazônica foi bloqueada, um fiscal do Ibama foi ferido com uma garrafa de vidro e veículos apreendidos pelos agentes públicos foram levados pelos criminosos.

A operação, batizada de Hardwood, foi autorizada pela Justiça Federal e é apoiada pelo Ministério Público Federal (MPF), que também participa das investigações. Os mandados estão sendo cumpridos em Uruará, Senador José Porfírio, Anapu, Santarém e Mojuí dos Campos, no Pará, e em São Bento, na Paraíba.

O grupo é investigado por associação criminosa, invasão de terras da União, desmatamento ilegal, desobediência a ordem legal de funcionário público, coação no curso do processo e receptação, transporte, industrialização e comercialização de madeira de origem clandestina, crimes para os quais a legislação prevê penas que, se somadas, podem ultrapassar os 15 anos de prisão e multa, punição que pode ser aumentada de acordo com o número de vezes que os crimes foram cometidos, entre outros agravantes. 

 

Com informações do MPF

Outras Notícias

Prisão em flagrante por tráfico de droga

Edson Santos

AMOT classifica como terrorismo operações realizadas pelo Ibama e PF na região do Tapajós

Edson Santos

HOTEL SÃO JORGE – LAUDETE DE OLIVEIRA FERREIRA 19480660253 Torna publico junto a Semma NP sua. (RIAA)

Edson Santos